Facebook Youtube Flickr
Notícias
A | A+
Imprimir Matéria
REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Fonacate e Frentas reunem-se com ministro-chefe da Casa Civil nesta quinta, 28

Dirigentes abordaram aspectos como a desconstitucionalização de regras previdenciárias, o regime de capitalização, o aumento desarrazoado da contribuição previdenciária e as alíquotas progressivas

Publicado em 01/03/2019 às 13:25 | Acessos: 343


O presidente do Unacon Sindical e do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate), Rudinei Marques, e dirigentes da Frente Associativa da Magistratura e do Ministério Público (Frentas), da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), da Associação Paulista do Ministério Público (APMP), da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) e da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (ANFIP) estiveram em audiência com o ministro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, nesta quinta-feira, 28 de fevereiro.

 

Na ocasião, foram tratados aspectos relevantes da PEC 006/19 (Reforma da Previdência), como a desconstitucionalização de regras previdenciárias, o regime de capitalização, o aumento desarrazoado da contribuição previdenciária, as alíquotas progressivas que chegam a 22%, a ausência de regras de transição, a queda brutal na taxa de reposição com o cômputo sobre a média de 100% das remunerações, a forma cruel com que os aposentados (inclusive por invalidez) e pensionistas são tratados na proposta do governo. Na oportunidade, houve a entrega de ofício que solicita a prorrogação do prazo para migração à Funpresp.

 

O Ministro ouviu atentamente os argumentos dos dirigentes e afirmou que a Casa Civil está aberta ao diálogo. Disse que defenderá alterações no texto e, no que diz respeito aos servidores públicos, expressou sua opinião de que a reforma não deve demonizar esses trabalhadores. Observou que o próprio Presidente da República está sensível à busca de soluções justas, e já expressou publicamente que a PEC 006 sofrerá alterações no Congresso. Ao final, o Ministro solicitou que as entidades apresentem propostas para aprimoramento do texto, reiterando sua disposição por uma solução negociada.

 

Em avaliação geral, os presentes consideram que a reunião, que teve duração de 1 hora, foi bastante proveitosa, pois permitiu que todos os participantes apresentassem argumentos relacionados à sua área de atuação, donde se destacou que não serão aceitas propostas que possam afetar a dignidade das carreiras públicas e, consequentemente, de seus servidores.

 

Com informações: ascom Frentas

 

ico-fce-1248498586fd276f5178b4d3f2b7aa20.jpg ico-you-90c6251d1ea816aae592005c0d5e6892.jpg ico-flk-ec51aca45a2791d46190d2eadacb4464.jpg

SCLN 110, Bloco C, Loja 69/79 - Brasília - DF - (61) 2107-5000 - CEP: 70.753.530

© Unacon Sindical 2015. Todos os direitos reservados.