Facebook Youtube Flickr
Notícias
A | A+
Imprimir Matéria
PRODUÇÃO DA CARREIRA

Anjuli Tostes lança o “Código de Defesa do Usuário do Serviço Público” na CGU

Solenidade realizada na manhã desta terça-feira, 10 de julho, contou com a participação do ministro Wagner de Campos Rosário 

Publicado em 10/07/2018 às 16:37 | Autor: Juliana Martins | Acessos: 138


Com a missão de disseminar as ferramentas de exercício da cidadania criadas pela Lei 13.460/2017, a Auditora Federal de Finanças e Controle, Anjuli Tostes, lançou o “Código de Defesa do Usuário do Serviço Público” na manhã desta terça-feira, 10 de julho.  A solenidade de lançamento, realizada na sede da Controladoria-Geral da União (CGU), contou com a presença do ministro Wagner de Campos Rosário, que escreveu o prefácio da obra. Rudinei Marques e Bráulio Cerqueira, presidente e secretário executivo do Unacon Sindical, também marcaram presença no evento. 

 

“A ideia do livro surgiu a partir do trabalho que desenvolvemos na Ouvidoria-Geral da União. O objetivo é fazer com que o nosso trabalho seja cada vez mais útil para cidadão”, afirmou Anjuli. 

 

O ministro saudou a iniciativa da AFFC. “É um tema importante e atual. Essa lei –  que foi criada, praticamente, aqui dentro, com a participação de muitos servidores aqui presentes –  veio dar vida à modificação feita pela EC 19, veio simplificar e permitir que o cidadão participe”, destacou Wagner.   

 

A obra ainda não está disponível para venda em livrarias, mas os exemplares já impressos podem ser adquiridos diretamente com autora.

 

SINOPSE DO LIVRO

Destinado a servidores públicos, comunidade acadêmica, advogados e à sociedade em geral –  que necessita e faz uso dos serviços públicos –, o livro trata das ferramentas criadas pela Lei 13.465/2017 e suas normas regulamentadoras para possibilitar a defesa do usuário do serviço público e a participação do cidadão na administração pública.

 

O livro aborda as categorias essenciais tratadas na lei de defesa do usuário dos serviços públicos: os princípios do serviço público, os direitos e deveres dos usuários, as obrigações impostas à administração pública, o papel das ouvidorias, os tipos de manifestações dos usuários dos serviços públicos, diretrizes de desburocratização e os meios para que os cidadãos possam defender seus direitos em caso de descumprimento da Lei.

 

A obra traz, ainda, uma inovação: um capítulo com o resumo do livro em linguagem cidadã – o “Manual de Defesa do Usuário do Serviço Público” –, direcionado à parcela da sociedade que não tem afinidade com textos jurídicos, para que todos possam compreender e exercer os direitos de cidadania, verdadeiro instrumento de empoderamento do usuário do serviço público.

ico-fce-1248498586fd276f5178b4d3f2b7aa20.jpg ico-you-90c6251d1ea816aae592005c0d5e6892.jpg ico-flk-ec51aca45a2791d46190d2eadacb4464.jpg

SCLN 110, Bloco C, Loja 69/79 - Brasília - DF - (61) 2107-5000 - CEP: 70.753.530

© Unacon Sindical 2015. Todos os direitos reservados.