Facebook Youtube Flickr
Notícias
A | A+
Imprimir Matéria
RETOMADA DO DIÁLOGO

Unacon Sindical se reúne com o subsecretário de Assuntos Institucionais da STN

No encontro, realizado na sexta, 2 de março, implantação do home office, revisão das regras para publicação de textos dos servidores e promoção da qualidade de vida estiveram em pauta

Publicado em 06/03/2018 às 15:59 | Autor: Juliana Martins | Acessos: 284


Estreitar o diálogo e dedicar mais atenção às pautas institucionais da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) são compromissos da nova Diretoria Executiva Nacional (DEN) do Unacon Sindical. Com este objetivo, Rudinei Marques, Bráulio Cerqueira e Arivaldo Sampaio, presidente e diretores do Sindicato, se reuniram com o subsecretário de Assuntos Institucionais da STN, Líscio Camargo, na sexta-feira, 2 de março. O coordenador-geral e o coordenador de Desenvolvimento Institucional, Vinícius Neiva e Vladimir Lopes, respectivamente, também participaram do encontro.

 

Para iniciar a conversa, Rudinei fez um breve relato da reunião das entidades dos servidores com o secretário de Gestão de Pessoas do Ministério do Planejamento, Augusto Chiba, realizada pela manhã do mesmo dia. Ele informou que, com a confirmação de que o projeto que trata do rebaixamento das tabelas das carreiras do Executivo Federal já está na Casa Civil, a entidade manterá um estado de alerta e, se for preciso, lutará para evitar esse “retrocesso”. Veja aqui como foi a reunião na SGP.


   

O secretário executivo do Unacon Sindical, Bráulio Cerqueira, se apresentou como principal interlocutor, no sindicato, dos assuntos institucionais da STN e destacou o aumento da representatividade dos servidores do órgão na nova gestão. “Na Diretoria Executiva Nacional, somos eu, primeiro servidor da STN liberado para um mandato classista, e o Ari, que é o diretor financeiro. Além disso, temos seis delegados sindicais. Antes, eram apenas dois”, afirmou.

 

A implantação do teletrabalho foi um dos itens da pauta. “Na Controladoria-Geral da União, o home office tem funcionado bem e já há, inclusive, a intenção de aumentar o percentual de servidores alcançados. Acredito que podemos aproveitar muito do que já foi feito lá”, disse Bráulio.

 

Vinícius Neiva informou que a proposta está em fase de consulta pública na intranet do órgão e “os servidores têm 30 dias para fazer críticas e sugestões”. A minuta será encaminhada para análise do Sindicato.

 

Outros temas de interesse do servidor também foram abordados, tais como ponto eletrônico, restrições vigentes a investimentos e regras de publicação de trabalhos particulares. Líscio Camargo informou que, conforme deliberado na última reunião do Comitê de Gestão (COGES) do Tesouro, a publicação de trabalhos particulares (não institucionais) de servidores que envolverem informações de amplo domínio público não mais precisará contar com análise prévia e aprovação da chefia imediata nem do Comitê de Ética. O avanço reflete demanda dos servidores, expressa, inclusive, no programa de gestão da DEN. Quanto ao aperfeiçoamento das regras para investimento, as discussões prosseguem. Já o ponto eletrônico, aguarda posicionamento da secretaria executiva do Ministério da Fazenda.


Ações que visam a promoção da qualidade de vida no trabalho (QVT) também estiveram em debate. Nos próximos dias, o Unacon Sindical irá elaborar um termo de cooperação com a STN para contemplar projetos de QVT. O teor do documento deve ser tratado em uma nova reunião com a CODIN.
 

ico-fce-1248498586fd276f5178b4d3f2b7aa20.jpg ico-you-90c6251d1ea816aae592005c0d5e6892.jpg ico-flk-ec51aca45a2791d46190d2eadacb4464.jpg

SCLN 110, Bloco C, Loja 69/79 - Brasília - DF - (61) 2107-5000 - CEP: 70.753.530

© Unacon Sindical 2015. Todos os direitos reservados.