Facebook Youtube Flickr
Notícias
A | A+
Imprimir Matéria
MEMÓRIA DA PREVIDÊNCIA

“Vamos manter em nossos sites como cada parlamentar votou a PEC 287”, anuncia Marques

Memorial estará disponível nas páginas de todas as entidades afiliadas ao Fonacate até o fim das Eleições 2018 

Publicado em 13/12/2017 às 16:35 | Acessos: 620


O presidente Unacon Sindical, Rudinei Marques, anunciou em audiência pública realizada na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP), nesta terça-feira, 12 de dezembro, que o Fórum Nacional das Carreiras de Estado (Fonacate) vai preparar um memorial e divulgar em todos os sites das afiliadas, redes sociais e para toda a população brasileira como cada parlamentar irá votar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016, da reforma da Previdência.

 

“Até o fim das eleições de 2018 vamos manter uma memória em nossos sites e nas redes sociais para que a sociedade brasileira saiba quem é quem na votação da reforma da Previdência”, explicou Marques.

 

Durante a audiência que debateu as “ameaças do atual governo aos direitos dos servidores públicos federais”, Rudinei Marques falou do trabalho das carreiras de Estado que há um ano estão na luta apresentando sugestões para o governo quanto a uma reforma previdenciária digna e justa para os brasileiros, “mas até hoje não conseguimos ser ouvidos”, enfatizou.   

                                                 

Marques lembrou que o governo propôs uma série de medidas com o objetivo de enxugar a máquina pública, tal como o Plano de Desligamento Voluntário (PDV), mas “só tem colecionado fracassos”. “Quando lançou o PDV para os servidores públicos, o governo anunciou uma expectativa de que 5 mil funcionários iriam aderir à proposta. Até hoje apenas 74 servidores, que com certeza já queriam mesmo se desligar do serviço público, aderiram ao plano”, exemplificou.

 

Para o presidente do Unacon e do Fonacate, as entidades precisam se unir e trabalhar ainda pela revogação da Emenda Constitucional 95/2016, do teto de gastos públicos, que irá congelar os salários dos servidores e os serviços públicos por 20 anos.

 

Autor do requerimento que solicitou a audiência, o deputado Marcon (PT/RS) afirmou que é preciso discutir a política nefasta de ataque do governo federal aos servidores públicos. “É emenda que vai congelar salários, projeto que prevê a demissão de servidores estáveis, privatização das estatais. Estamos vivendo o desmonte dos serviços públicos e dos direitos dos trabalhadores brasileiros”, sustentou o parlamentar.

 

Já o deputado Bohn Gass(PT/RS) também convocou as entidades representativas dos servidores a iniciarem um movimento pela revogação da EC 95. “Vai completar um ano a edição dessa emenda, e tudo virou desculpa para não atender políticas públicas que visem o desenvolvimento social do país. Tem mais 19 anos pela frente. Temos que derrubar essa proposta”, conclamou.

 

Ao final da audiência, representantes da Fasubra, Fenajufe, Fonasefe, Anfip e o presidente do Fonacate convocaram os servidores para Greve Geral no próximo dia 19 de dezembro, data prevista para a votação da reforma da Previdência.

 

Com informações: Ascom/Fonacate 

ico-fce-1248498586fd276f5178b4d3f2b7aa20.jpg ico-you-90c6251d1ea816aae592005c0d5e6892.jpg ico-flk-ec51aca45a2791d46190d2eadacb4464.jpg

SCLN 110, Bloco C, Loja 69/79 - Brasília - DF - (61) 2107-5000 - CEP: 70.753.530

© Unacon Sindical 2015. Todos os direitos reservados.