Facebook Youtube Flickr
Notícias
A | A+
Imprimir Matéria
NA MÍDIA

Em debate na TV Brasília, Marques cobra avaliação de desempenho para políticos

“Querem avaliar os servidores públicos, mas não admitem serem avaliados pela população? ”, questionou o presidente do Unacon Sindical 

Publicado em 29/08/2017 às 17:11 | Acessos: 259


 

O Projeto de Lei do Senado (PLS) 116/2017, que estabelece a perda de cargo público por insuficiência de desempenho de servidor estável, foi tema de debate no programa CB.Poder da TV Brasília nesta terça-feira, 29 de agosto. Na mesa-redonda, mediada pelos jornalistas Vicente Nunes, Paulo Silva Pinto e Glaucia Guimarães, Rudinei Marques, presidente do Unacon Sindical e do Fonacate, apresentou críticas à proposta, que tramita na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) sob a relatoria do senador Lasier Martins (PSD/RS). 

 

Marques elencou pontos de discordância do projeto, de autoria da senadora Maria do Carmo (DEM/SE), como a impessoalidade constitucional, pois submete o servidor exclusivamente à avaliação do seu chefe imediato.

 

O senador Lasier afirmou que em seu substitutivo, que deve ser apresentado na próxima semana, propõe a criação de uma comissão avaliadora, que deverá ser composta por três representantes do órgão ao qual está submetido o servidor. Também propõe que a periodicidade da avaliação seja de um ano. 

 

Durante o debate, Marques questionou por que os mesmos critérios previstos no PLS 116/2017 não foram aplicados à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 21/2015, que previa a avaliação da classe política. “Querem avaliar os servidores públicos, mas não admitem serem avaliados pela população? ”. 

 

O presidente lembrou que quando a PEC 21 foi discutida na CCJ do Senado, o relator da matéria, senador Antonio Anastasia (PMDB/MG), retirou da proposta a avaliação de parlamentares, restando apenas a de presidente da República.

 

Por fim, o presidente do Unacon Sindical reiterou ainda que, do modo como está, o PLS 116/2017 apenas desvaloriza o serviço público no Brasil.

 

Assista a íntegra do debate abaixo.  

 

 

 

Com informações: Ascom/Fonacate

Alterações: Ascom/Unacon Sindical  

ico-fce-1248498586fd276f5178b4d3f2b7aa20.jpg ico-you-90c6251d1ea816aae592005c0d5e6892.jpg ico-flk-ec51aca45a2791d46190d2eadacb4464.jpg

SCLN 110, Bloco C, Loja 69/79 - Brasília - DF - (61) 2107-5000 - CEP: 70.753.530

© Unacon Sindical 2015. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: Felipe Lacerda Soluções Web